A Conferência de Paris e as energias sustentáveis para o século XXI.


cop_21_1Durante a COP-21 – 21ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas realizada em Paris este mês – foram discutidas as principais estratégias, a serem adotadas pelos governos dos 195 países envolvidos, para diminuir a emissão de gases que contribuem para o efeito estufa.

As principais causas do efeito estufa ainda estão relacionadas a utilização de combustíveis fósseis, presentes em cerca de 80% da energia utilizada no mundo e responsáveis, anualmente, por 34 milhões de toneladas de CO2 lançados na atmosfera.

Outra grande contribuição para as mudanças climáticas está no desmatamento das florestas. O Brasil, país de grandes áreas preservadas, tem o desmatamento como o maior desafio a ser enfrentado, responsável por cerca de 80% das suas emissões.

Portanto, aliado a preservação dos recursos naturais, é preciso que sejam desenvolvidos novos modelos de produção e abastecimento energético capazes de suprir as necessidades das sociedades atuais sem comprometer a continuidade desses recursos para as futuras gerações.

O acordo firmado em Paris propõe que as emissões sejam diminuídas através de uma coalizão global de ações, onde países ricos e pobres possam agir juntos para evitar que a temperatura do planeta aumente 2ºC até o final do século.

Saiba quais são as principais alternativas energéticas sustentáveis disponíveis atualmente:

Hidroelétrica

energia-hidreletricaA energia Hidroelétrica é a principal fonte de abastecimento do mercado energético brasileiro, sendo responsável por 70% de toda energia utilizada no país. Em um contexto geral são reconhecidos como tecnologias limpas e ocupam papel importante no quadro das fontes energéticas consideradas sustentáveis. 

Porém, as usinas de energia hidrelétrica tem causado grandes danos ambientais, alagando áreas imensas de floresta e se tornando verdadeiras ‘fábricas de metano’, gás nocivo a camada de ozônio e um dos principais contribuintes para aceleração do efeito estufa. Algumas usinas, atualmente, tem produzido mais gás metano do que energia elétrica, mostrando como pode ser reverso o efeito esperado na produção de hidrelétricas.

Outro prejuízo causado pelas usinas hidrelétricas é o dano social, oriundo das remoções forçadas de populações tradicionais e de alagamentos acidentais, causando prejuízo inestimável a muitas famílias.

Por essas razões, não se pode dizer que a energia hidrelétrica seja uma fonte completamente limpa e sustentável. Em larga escala fica difícil prever o impacto que uma grande usina pode causar. Em pequena escala pode resolver problemas de abastecimento energético em regiões que tenham o recurso da água em abundância. Porém, entre prós e contras, sem dúvida é uma fonte que pode ser considerada de menor impacto frente a utilização de combustíveis fósseis.

Eólica

energia-eólica6A energia eólica também tem sido utilizada em larga escala como uma fonte de energia sustentável e tem sido muito bem aceita na maioria dos casos. Os maiores problemas da energia eólica são a poluição visual e a morte diversos pássaros reféns das grandes hélices utilizadas.

Apesar de muito utilizada, a energia eólica só se torna produtiva em áreas inóspitas, de muito vento, e portanto não são possíveis em todas as regiões, além de não serem muito eficazes na produção energética. Assim, são uma alternativa viável, porém incapaz de suprir sozinha a demanda do planeta.

Solar

Solar energy panels against sunny skyA energia solar pode ser captada com painéis solares em usinas fotovoltaicas e através de receptores nas usinas térmicas, chamadas usinas heliotérmicas. A energia solar recebida pela Terra é cerca de 5 mil vezes maior do que o consumo mundial de eletricidade e energia térmica somados.

Existem diferentes tecnologias que utilizam a energia solar. Dentre elas estão: energia fotovoltaica, centrais heliotérmicas e o aquecimento solar. Na geração fotovoltaica, a energia luminosa é convertida diretamente em energia elétrica. Nas usinas heliotérmicas, a geração de energia acontece em dois passos: primeiro, os raios solares aquecem um receptor e, depois, este calor é usado para iniciar o processo convencional da geração de energia elétrica por meio da movimentação de uma turbina. No aquecimento solar, a luz do Sol é utilizada para aquecer a água de casas e prédios, o objetivo não é a geração de energia elétrica.

Uma grande vantagem da energia solar é que ela permite a geração de energia, no mesmo local de consumo, através da integração com a arquitetura. Assim, pode ser levada a sistemas de geração distribuída, quase eliminando completamente as perdas ligadas aos transportes, que representam cerca de 40% do total. Porém essa fonte de energia tem o inconveniente de não poder ser usada à noite, a menos que se tenham bateria.

Biomassa

uniquimica_Biodigestor1Uma das potenciais fontes de energia renovável que mais tem crescido nos últimos anos é a energia proveniente da biomassa. Essas técnicas tem aliado a produção energética à produção de adubos, reaproveitando os rejeitos sólidos orgânicos e obtendo, a partir da decomposição desses resíduos, os gases metano e carbono. Assim, além do biogás produzido, também funciona como uma forma de resolver os problemas de saneamento em zonas que não tem assistência.

Com o biogás é possível abastecer carros movidos a Gás Natural e acender o fogão da cozinha, além de transformar-lo, através de um gerador, em muitos KwA de energia elétrica. Muitos acreditam, inclusive, que a biomassa é a fonte para se alcançar a sustentabilidade energética da agricultura brasileira.

Atualmente, quase 10% da energia produzida e utilizada em território brasileiro é proveniente de fontes de biomassa. Acredita-se, que se toda biomassa presente na natureza fosse utilizada para produção de biogás, seria possível manter toda a demanda de energia global abastecida, sem a necessidade de nenhuma outra fonte energética.

Nesse vídeo abaixo, da Embrapa, podemos conhecer um pouco mais sobre as estratégias que estão sendo usadas para transformar resíduos, que poderiam ser nocivos ao meio ambiente, em recursos valiosos para a sustentabilidade das agro-indústrias familiares.

Energia Verde e Amarela: Resíduos (https://www.youtube.com/watch?v=f6pgw7uKh-A)

Anúncios