Gaia, ALERTA FINAL.

gaia

O renomado cientísta James Lovelock, hoje com seus 93 anos, conseguiu ao longo das últimas décadas transformar sua hipótese de gaia em uma das teorias mais aceitas e contundentes do momento. Gaia, um organismo vivo, conectado em seus diferentes níveis e espécies, não está mais suportando o modelo de produção industrial criado pela raça humana nos últimos séculos. Enquanto o ser humano continuar a agir como se fosse dono do planeta terra continuará pondo em risco o equilíbrio com as outras espécies que fazem sua parte na manutenção da biodiversidade.

Considerada por muitos como uma teoria hippie na década de 70, a teoria de gaia tem se tornado mais evidente ultimamente com o acontecimento de um maior número de fenômenos climáticos e geológicos. Desde a ECO 92 no Rio de Janeiro, os governantes de mais de cem países estão comprometidos com uma meta para reduzir a emissão de gases de carbono para uma taxa tolerável até o ano de 2012. No entanto, na 18˚ Conferência das Partes (COP-18) realizada este mês, onde o protocolo de Kyoto foi extendido até o ano de 2020, mostrou-se que os países muito pouco tem evoluído nos seus objetivos. E, principalmente, que os países que mais emitem gases poluentes, como os EUA e a China, não estão decididos a ratificar o protocolo.

Apesar de não ter mais tanto tempo para esperar uma mudança, James Lovelock faz um ALERTA FINAL a todos sobre as insurgências de Gaia. Ou mudamos nosso comportamento agora, enquanto há tempo. Ou Gaia poderá mudá-lo por sua própria vontade.

Anúncios