Bacia de Evapotranspiração (BET)

img_1716A Bacia de Evapotranspiração (BET) construída na Aldeia da Mata Atlântica durante o mês de abril contou com a colaboração de diversos voluntários, tendo seu ápice de trabalho durante a realização da oficina Práticas em Saneamento Ecológico do instituto Gaia Sustentável. Durante a oficina cerca de 20 pessoas juntaram suas forças para dar prosseguimento às principais etapas de construção da bacia. 


A BET, como é popularmente conhecida, é uma tecnologia de tratamento de águas negras difundida em diversas partes do planeta. Trata-se de um sistema simples e eficiente, que possui baixo custo de produção e pode ser construído reutilizando materiais descartados, como restos de entulho e pneus usados.  

bacia evapotranspiraçãoPode ser construída em áreas pequenas e ter um efeito paisagístico interessante, cumprindo tanto uma função estética quanto ecológica no design da habitação.  

Foi desenvolvida por permacultores e rapidamente difundiu-se entre os seus praticantes por sua eficiência e prática no tratamento correto dos fluxos de água utilizados junto às fezes. 

Trata-se de um sistema fechado, onde a água tratada não escorre ou segue para nenhum outro tipo de tratamento. Os resíduos sólidos são absorvidos pela terra e transformados em nutrientes para as plantas. A água que é utilizada no sistema evapora da terra ou através da transpiração das plantas, voltando limpa ao ambiente.

Construir uma BET é muito simples, basta seguir o passo a passo:

  1. 13533013_509724345884448_8390221838480457110_nPrimeiro deve-se cavar um buraco de 1m de profundidade por 2m de largura. A bacia deve ter 1m de comprimento para cada morador do local. Assim, se houverem 4 moradores na habitação, a bacia deve ter 4m de comprimento, 1,5m de largura e 1m de profundidade.
  2. Depois de cavado o buraco, deve-se construir as paredes da bacia, que podem ser feitos com tijolos ou uma estrutura resistente de ferrocimento.
  3. Construídas as paredes iremos impermeabiliza-las com algum produto encontrado em lojas de construção tradicional. Apesar da constante procura, ainda é difícil encontrar métodos de impermeabilização que sejam totalmente naturais.13600029_509719925884890_6791811191979349734_n
  4. Feita a bacia, você deve colocar os pneus de forma que pareçam uma coluna vertebral, indo de uma extremidade a outra da BET. É importante deixar um pequeno espaço entre cada pneu para que a água possa escoar.
  5. Deve-se cobrir em volta dos pneus com o entulho e/ou as pedras. Utilizamos pedras no nosso projeto pois nosso sitio não possui entulho e não seria fácil transporta-lo até lá. Para residências em áreas urbanas recomendamos a utilização de entulho, que além de ser gratuito, reduz a quantidade de sobra de materiais nas ruas. 
  6. A camada de entulho ou pedras deve ser colocada de forma que a água possa passar entre elas. Ou seja, para deixar um espaço satisfatório entre os materiais de maneira nenhuma deve-se comprimi-los. A aeração é característica importante desse processo, pois é ela que vai ajudar na circulação dos nutrientes e bactérias.
  7. 13592368_509720029218213_2224833611609902759_nApós a camada de entulho inserimos uma camada de brita e cobrimos com uma tela, que serve para separar a brita da camada de areia que vem a seguir. Após a camada de areia, inserimos uma camada de terra. As camadas de brita, areia e terra devem ter 10, 15 e 30 cm, respectivamente. 
  8. Deve-se colocar três canos, na vertical, nas diferentes camadas (pneus, brita e areia) para servirem como dutos de inspeção do nível da água.
  9. Para finalizar nossa BET, basta fazermos o plantio de bananeiras, taiobas e outras plantas que tenham um grande volume de absorção de água. Colocamos a cobertura vegetal, que a princípio era proteger e adubar o solo da BET. E pronto, nosso sistema já está pronto para ser utilizado.

13521897_509720582551491_8572942742782990209_nA Bacia de Evapotranspiração é utilizada preferencialmente para o saneamento de águas negras, aquelas que possuem fezes e urina. Não deve ser utilizada para águas cinzas (que vem do chuveiro, pia e/ou maquina de lavar) pois normalmente os produtos de limpeza utilizados possuem anti-bactericidas que atrapalham o processo. 

Mesmo sendo utilizada com águas negras devemos compreender que não podemos jogar produtos químicos nocivos ou então correremos o risco de ver o sistema da nossa BET sendo contaminado.

A utilização de uma BET na sua casa deve ser acrescida a uma mudança de mentalidade sobre os ciclos e as propriedades da água. Não são apenas os resíduos sólidos (urina e fezes) que contaminam os rios, mares e lençol freático. A principal forma de contaminação vem dos produtos que utilizamos para lavar nossa casa, nosso corpo e nossas roupas. 

13606480_509720669218149_6076306283847572995_n-1A conservação dos fluxos d’água começa com o saneamento ecológico, aplicado em nossa residência ou comunidade, e deve ser concluída com a conscientização sobre a cadeia de produtos nocivos que devemos evitar para mantermos a pureza do nosso ecossistema.

Certamente será difícil encontrar produtos de limpeza que sejam produzidos de forma natural. Existem, atualmente, algumas receitas que tem se mostrado eficazes, mas isso é matéria para um outro post…

Imagens da BET cedidas pela APEMA – Associação de Permacultores da Mata Atlântica.

Anúncios